Quer garantir pernas bonitas e saudáveis durante toda a gestação? Então acompanhe

nossas dicas e saiba como prevenir e as melhores formas de tratamento para varizes.

As varizes são veias dilatadas, tortuosas, que, devido a um defeito na estrutura interna, não conseguem levar o sangue das pernas de volta ao coração; esse processo é conhecido como retorno venoso. Sendo assim, o sangue fica parado nos membros inferiores, aumentando a pressão nos vasos e alargando-os, dando uma coloração avermelhada ou azulada, além de tornar as veias salientes.

As varizes são hereditárias, mas alguns fatores aceleram o seu aparecimento ou aumentam as que já existem. Infelizmente, a gravidez é um desses fatores, isso porque, neste período, ocorre um aumento dos hormônios que influenciam na dilatação das veias, e também aumenta a quantidade do sangue circulando no corpo, além do ganho de peso, que dificultam o retorno venoso. A aparência das varizes incomoda, com certeza, a maioria das mulheres, e com a gravidez seus sintomas também pioram, que são o inchaço e a sensação de peso nas pernas, que pode causar dores.

Por isso, se a futura mamãe tem varizes ou histórico familiar, deve buscar a orientação com o seu médico (ginecologista/obstetra ou angiologista/médico vascular) sobre que procedimentos devem adotar para evitar e tratar suas varizes.

Uma das recomendações mais utilizadas é o uso de meias de compressão (Kendall, SIGVARIS e outras), conforme prescrição médica. Essas meias costumam ser encontradas em tons de bege, no entanto, as de maior compressão, por serem mais espessas e resistentes, não são tão discretas como as que são usadas normalmente; além disso, seu preço também é mais elevado. Contudo, veja como algo necessário para o seu bem estar e conforto no decorrer dos dias e durante toda a gestação, um investimento na sua saúde e beleza. Devido à maior compressão e à gravidez, você precisará de ajuda para vesti-las. Veja também as dicas nas embalagens, com os vendedores ou no site da marca adquirida sobre como vestir.

Essas meias podem ser adquiridas em lojas de produtos hospitalares/ortopédicos, com medidas específicas para tornozelo, panturrilha, coxa e altura, para se adaptar ao biótipo das usuárias, além de proporcionar compressão diferenciada para suas necessidades; por isso, a necessidade de uma avaliação médica. Se você notar uma alteração significativa nas suas medidas devido ao ganho de peso ou inchaço, ao longo da gestação, é bom fazer uma nova avaliação das suas medidas para verificar se a necessidade de trocar as meias, ajustando as suas necessidades, evitando assim possíveis desconfortos.

As meias de compressão são encontradas em tamanhos diferentes: só até os joelhos (3/4), até o meio das coxas (7/8) ou até a cintura, com adaptação para a barriga da gestante, com ponteira fechada ou aberta. Converse com o seu médico para definir que modelo você deve adquirir. Lembre-se que o preço varia conforme o tamanho da meia.

Outras medidas que podem ajudar a aliviar os efeitos das varizes são: evitar ganhar peso em excesso, ficar muito tempo na mesma posição e elevar as pernas ao repousar. Atividade física de baixo impacto também pode ajudar, mas só deve ser feita com orientação médica e acompanhamento de um profissional.

Em alguns casos, as varizes melhoram sua aparência e sintomas alguns meses (4 a6)  após o parto, mas é sempre bom buscar um especialista para uma avaliação, principalmente, se continuarem muito evidentes, para verificar qual o melhor procedimento a ser adotado.