O leite matern

o deve ser o único alimento oferecido ao bebê durante os 6 primeiros meses de vida. Entretanto, após esse período o organismo do nenêm precisa de nutrientes que só são encontrados em outros alimentos como as frutas, as carnes, legumes e cereais.

Antes de iniciar esse processo de transição é recomendável fazer uma consulta com o pediatra para receber orientações sobre a dieta alimentar ideal para o seu bebê levando em consideração a idade, o peso e o tamanho do seu filho. Aproveite esse momento para esclarecer suas dúvidas sobre alimentos com maior potencial de desenvolver alergias, a melhor forma de prepará-los, como conservá-los, etc.

Essa fase de transição alimentar requer muita atenção, dedicação e persistência por parte da mãe. Por mais saboroso que seja o bebê pode rejeitar o que está sendo oferecido, pode deixar o pratinho cair no chão e ainda se sujar todo. Por isso, é bom que você adquira uma cadeira de alimentação e que reserve um cantinho da casa para o momento se servir a refeição.

Comece oferecendo uma fruta
A primeira frutinha deve ser oferecida no lanche da manhã. Pode ser raspadinha, machucada com um garfo ou em forma de suco. Evite triturá-las, pois a criança precisa começar a se acostumar com as novas texturas. Normalmente as frutas que tem melhor aceitação pelos bebês são a laranja lima, o mamão papaya, a banana prata, a maçã argentina e a pêra. Evite usar açúcar na preparação dos suquinhos e quando necessário use-o com moderação. Sempre dê preferência às frutas da estação.

Observe como o organismo do bebê vai reagir. Não havendo diarréia, cólica ou alergia na pele o mesmo alimento deverá ser oferecido no dia seguinte por mais uma vez.

A primeira sopinha do bebê
A sopinha pode ser preparada com uma porção de arroz, uma de carne e um legume. Os temperos são permitidos, mas tenha moderação com os que possuem aroma mais acentuado como alho, coentro e cebolinha. Depois de preparada a sopinha deve ser passada em uma peneira e oferecida ao bebê na hora do almoço. Aos poucos vá fazendo substituições no tipo de carne e acrescente outros legumes de forma gradual.

Prefira sempre carnes magras como músculo bovino moído e carne de frango para fazer as sopinhas. Os alimentos devem ser sempre fresquinhos e preparados no dia em que serão oferecidos. Evite congelar as sopinhas, pois alguns nutrientes podem ser perdidos.

Atenção: um mesmo alimento sempre deverá ser oferecido por dois dias consecutivos e só então, um novo item poderá ser acrescentado na dieta.

Alimentos que devem ser evitados
Em geral os crustáceos, peixes, ovos, frutas cítricas e mel devem ser evitados nesse momento inicial, salvo sob a prescrição médica.

Nunca é demais lembrar que o seu paladar é diferente do paladar do seu bebê, isto é, você pode não gostar de abacaxi, mas seu filho pode demonstrar muito interesse por essas fruta. Bebês que experimentam uma grande variedade de sabores no primeiro ano de vida normalmente tem uma maior facilidade de aceitar novos alimentos na infância. É bom sempre diversificar os alimentos a fim de enriquecer o paladar do seu filho!